29 Abril 2010

Reacção Xantoproteica

A reacção xantoproteica é utilizada para verificar se, num determinado líquido, há presença de proteínas.
As proteínas fazem parte de uma das principais subcategorias dos Prótidos (compostos orgânicos quaternários de carbono, oxigénio, hidrogénio e azoto, podendo, no entanto, conter outros elementos). Assim, as proteínas são macromoléculas de elevada massa constituídas por mais de 80 aminoácidos. Estes compostos resultam de uma ou mais ligações de polipeptidos, as ligações peptídicas. Os polipeptidos são cadeias de vários aminoácidos ligados entre si, embora menos complexos que as proteínas.




As proteínas possuem uma estrutura tridimensional definida e são os componentes químicos mais importantes do ponto de vista estrutural, embora possuam mais funções igualmente importantes.







Reacção xantoproteica:

Adiciona-se amónia ao líquido previamente aquecido com ácido nítrico, aparecendo coloração alaranjada caso exista presença de proteínas

Esta reacção deve-se ao facto das proteínas conterem um grupo fenil na sua constituição (tirosina e triptofano), grupo este que forma nitroderivados de cor alaranjada em meio alcalino. Assim, o ácido nítrico é usado de forma a identificar a presença de proteínas e o calor apenas como catalisador da reacção.

2 comentários:

  1. O vosso trabalho não está completo. A reacção xantoproteica não está bem explicada. Porque razão se adiciona amónia? A tirosina e o triptofano contém o grupo fenil? São proteínas ou aminoácidos?

    ResponderEliminar
  2. Atenção. Continuam a faltar as referências.

    ResponderEliminar